EDUCAÇÃO: VALORIZAÇÃO DO HOMEM DO CAMPO E SUA CULTURA – REINALDO COPELLO DE CERQUEIRA FILHO

Incluir no Currículo Escolar transversalmente a valorização do homem do campo e sua cultura com o objetivo de "desenvolver uma reflexão sobre o homem do campo e sua cultura, visando desconstruir os préconceitos, valorizando a sua história, os seus conhecimentos e retratando a sua diversidade sociocultural. É indispensável discutir o papel deste para que os educandos da zona rural e urbana possam repensar a realidade, refletindo quanto ao modo de viver do homem do campo, muitas vezes estereotipado, sendo ridicularizados em algumas manifestações culturais como as festas juninas, nas quais ele é apresentado com roupas rasgadas e dentes estragados, sofrendo também o preconceito linguístico. Assim, é importante
desconstruir essa forma negativa e mostrar que o campo é também uma forma de sobrevivência e sustento de milhares de famílias. Além disso, é importante que os estudantes visualizem o campo e a cidade como espaços interdependentes" (trecho retirado do Título: A valorização do homem do campo e sua cultura, de autoria de Lenira Sampaio Stubs).

O que você achou dessa proposta?