GESTÃO PARTICIPATIVA PARA O CENTRO ANTIGO DE SALVADOR – Cicero Jorge Araujo Melo

A PROPOSTA VISA FORTALECER O TURISMO CULTURAL COM O DESENVOLVIMENTO SOCIOECONÔMICO SUSTENTÁVEL DO PATRIMONIO HISTORICO ARTISTICO E CULTURAL, PROMOVENDO A RETOMADA DO PROJETOS HABITACIONAIS NO TERRITORIO, REGULARIZAÇÃO FUNDIARIA COM CESSÃO DE USO DE 50 ANOS, REGULARIZADA ATRAVÉS DE LEI APROVADA NA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DA BAHIA, CONCLUSÃO DA 7 ETAPA DE REVITALIZAÇÃO INICIADO EM 1999, CONCLUSÃO DAS OBRAS DA ROCINHA DO PELOURINHO, MUDANÇA NA FORMA DE GESTÃO DOS IMOVEIS DO IPAC, PLANO DE FOMENTO E ATRAÇÃO INVESTIMENTOS PUBLICOS E PRIVADOS DIVERSIFICADO, NOS ULTIMOS ANOS OBSERVA-SE A PROMOÇÃO DO INVESTIMENTO HOTELEIRO, CRIAÇÃO DO CONSELHO EXECUTIVO DO CENTRO ANTIGO DE SALVADOR, DELIBERATIVO, PARTICIPATIVO E DEMOCRÁTICO, CRIAÇÃO DO FUNDO ESTADUAL DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMONIO MATERIAL E IMATERIAL DA BAHIA

O que você achou dessa proposta?